Gamatec

TI Alinhado ao Negócio

Sobre Nós

A Gamatec nasceu em agosto de 2007, para levar aos clientes uma visão de TI atrelada ao negócio para cada seguimento. Pela experiência adquirida a Gamatec oferece algo diferente do mercado tradicional, oferece soluções criativas para os processos das empresas, sempre associada ao negócio, com metodologia, governança e gestão. Acreditamos que todo projeto, todo trabalho possui início, meio e fim, desta forma nossos projetos são objetivos, claros e assertivos, e dentro dos prazos estabelecidos, dentro do orçamento e na necessidade de cada cliente/Projeto.

Atuação

Atuamos em qualquer seguimento de mercado, com gestão de projetos (implantações de sistemas, aplicações, processos, treinamentos). Aplicamos as melhores práticas do mercado, sem apagar a identidade e o DNA de cada empresa, bem como sua cultura e valores. Desenvolvemos sistemas e aplicações de a acordo com a necessidade e sempre com o foco na governança, reduzindo as atividades e integrando as soluções.

Projetos Desenvolvidos desde 2009:

  • Desenvolvimento da unidade Totvs em Cuiabá/MT, projetos e portfólio;
  • Gerenciamentos de TI - Elaboração de Plano Diretor de Tecnologia, restruturação do TI;
  • Implantação de Sistemas;
  • Desenvolvimento de Service Desk;
  • Mapeamento de Processos (BPM) - Desenvolvimento de RFP e Análise e Soluções;
  • Gerenciamento de Projetos - SAP, Totvs, Senior, Oracle, MV, etc; Metodologias PMP e Scrum/Ágil;
  • Desenvolvimento de aplicações e integração em qualquer ambiente;
  • Treinamentos de equipes (ITIL, Agil, Cobit, BPM);
  • Fundamentação, criação e estruturação de departamentos de TIC, TI e Suporte Técnico
  • Criação de departamentos de TI, estruturação e restruturação;
  • Governança e Melhores Praticas;
  • Move de Centro de Dados - "Data Center";

Projetos Recentes:

  • Gestão do Projeto SAP - Tubos e Conexões Tigre, Joinville, SC - 2014/2015
  • Análise e desenvolvimento da aplicação para HBSIS / Ambev - Blumenau, SC - 2015/2016
  • Mapeamento de Processos e Desenvolvimento de RFP - AGEMED, Joinville, SC - 2016
  • Pré-Mapeamento de Processos para RFP - Hospital São Braz - Porto União, SC - 2016/2017 - projeto finalizado
  • Gestão de TI e Governança - Grupo Berlanda, Curitibanos, SC - 2016/2017 - projeto finalizado
  • Mapeamento de Processos, Desenvolvimento de RFP e Implantação de ERP - ELOSAÚDE, Florianópolis, SC - 2016/2017 e 2018 - Go Live em 02/04/2018, em andamento processo de acompanhamento e estabilização
  • Projeto OPS Plass - Joaçaba - Fase 1 - estruturação de equipe

Clientes

Galeria

Artigos
Ultimas Notícias!

Know-How nas Aplicações

 

O que você deve saber sobre governança de TI

Entenda como a Governança de TI pode ajudar a sua empresa Para aumentar a sua competitividade no mercado e garantir os melhores processos dentro de sua empresa, certamente você conta com diversas ferramentas de Tecnologia da Informação. Elas são muito importantes na hora de gerir, controlar e garantir a qualidade de todos os seus produtos e serviços. Agora, imagine um conjunto de práticas que podem alinhar todos estes recursos, como softwares e sistemas, com os objetivos e as diretrizes de sua empresa? Pois bem, esta é a Governança de TI. Criada com o objetivo de planejar e elaborar estratégias que possam dar vantagens competitivas às ferramentas de TI implantadas em uma empresa. As práticas da GTI prometem criar serviços absolutamente confiáveis e disponíveis para que você possa alcançar a excelência do seu negócio. Ficou curioso para conhecer mais sobre a Governança de TI, as suas vantagens e como ela pode ser aplicada em sua empresa? Então não perca mais tempo e confira este post com mais informações e dicas sobre esta prática!     Mais sobre a Governança de TI A Governança de TI é, basicamente, uma “extensão” da Governança Corporativa  (conjunto de ações, políticas, regras e processos que regem uma organização específica) direcionada para a gestão das ferramentas, recursos e soluções em TI. Quando implantada, ela deve ser adotada por todos os usuários de softwares e sistemas, incluindo gerentes e gestores, auditores e diretores. Entre estas ações descritas no conjunto da Governança de TI, estão práticas que garantem a segurança da informação nos processos executados dentro de uma empresa, disponibilidade e total funcionamento das tecnologias da informação e durabilidade de todo o sistema implantado nestas corporações.   Frameworks da GTI Para implantar a Governança de TI em sua empresa, é importante que você conheça todos os frameworks – em outras palavras, modelos de trabalho – que fornecem as métricas e o que deve ser feito para garantir a eficácia desta prática. Os principais frameworks da GTI são: Cobit (Control Objectives for Information and related Technology) Este é o modelo de trabalho mais utilizado na Governança de TI e está na sua versão 5. Ele apresenta recursos que incluem sumário executivo, controles de objetivos, mapas de auditorias, indicadores de metas e performances e um guia com técnicas de gerenciamento. Suas práticas de gestão são recomendadas por especialistas da área e ele pode ser utilizado para testar e garantir a qualidade dos serviços de TI prestados, utilizando um sistema de métricas próprio. ITIL (Information Technology Infrastructure Library) Este é um framework que é voltado para o público e não para o proprietário. O ITIL define o conjunto de práticas para o gerenciamento dos serviços de TI por meio de “bibliotecas” que fazem parte de cada módulo de gestão. Dessa forma, diferentemente do Cobit, este é um modelo mais focado para os serviços de TI em si. PmBOK (Project Management Body of Knowledge) Este framework está voltado para o gerenciamento de projetos da área e melhorar o desenvolvimento e a atuação dos profissionais de TI. Todas as definições, conjuntos de ações e processos do PmBOK estão descritos em seu manual, que expõe as habilidades, ferramentas e técnicas necessárias para realizar a gestão de um projeto.   Como a GTI pode ajudar a minha empresa? Agora que você conhece um pouco mais sobre a Governança de TI, é necessário conhecer um pouco melhor sobre as suas vantagens e como ela pode ajudar a sua empresa. Basicamente, a implantação de suas práticas promove a segurança de toda a informação que circula no interior de seus sistemas e softwares, assim como garante a durabilidade e eficácia de todos os recursos de TI que estão em uma organização. Dessa forma, é possível: Evitar que dados e informações sigilosas sobre a sua empresa sejam vazados, causando enormes danos aos seus negócios; Garantir a automatização dos processos e das tarefas específicas, economizando, assim, tempo e dinheiro; Assegurar a eficácia e facilitar a utilização das ferramentas e recursos de TI dentro de sua empresa, pois com a sua implantação, há menos riscos de bugs, paradas ou fatores que comprometam o seu funcionamento; Melhorar e inovar os processos de gestão, marketing e vendas de seus negócios, tornando assim a sua empresa mais competitiva; Antecipar os problemas e os riscos que podem prejudicar os seus negócios e, dessa forma, garantir mais precisão nas suas decisões. Conhecer melhor todo o funcionamento da Governança de TI e as suas vantagens já é o primeiro passo para a sua implantação, a fim de garantir a melhoria de seus serviços e produtos. Se você se sentiu atraído pela ideia, não hesite em apostar e investir nela. Esta é a melhor forma de conquistar o sucesso do uso de TI em sua empresa.

O que é Governança de TI e qual a sua importância para a tomada de decisões nas empresas

Para compreender o que é a Governança de TI – Tecnologia da Informação – e qual a sua finalidade, primeiro é preciso entender o conceito de Governança Corporativa, uma obrigatoriedade para todas as grandes empresas atualmente. Segundo o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC): “Governança Corporativa é o sistema pelo qual sociedades e empresas são geridas, administradas e monitoradas, no que tange às relações profissionais entre acionistas, conselho administrativo, diretoria, conselho fiscal e auditorias independentes, visando aumentar o valor da sociedade, facilitar o acesso ao capital e garantir a longevidade da empresa.” A necessidade das empresas adotarem políticas de Governança Corporativa se deu na mesma medida em que, ao longo do tempo, a complexidade dos processos empresariais aumentou, principalmente nas empresas que atuam com o capital aberto, pois o fato delas negociarem suas ações fez com que houvesse uma necessidade maior de transparência administrativa, para que acionistas e investidores pudessem ter a consciência de que seu dinheiro estava sendo bem administrado. Com o avanço da tecnologia, principalmente da informática, as empresas passaram a armazenar suas informações (financeiras ou não) em sistemas de informação, e é aí que entra o importante papel da Governança de TI. A Governança de TI garante transparência e credibilidade nas informações e nos processos No atual cenário corporativo, brasileiro e mundial, a Governança de TI é parte integral e grande aliada da Governança Corporativa, com papel de destaque na elaboração das estratégias e na definição dos objetivos das organizações. A Governança de TI refere-se, na prática, à associação estruturada de um conjunto de diretrizes, responsabilidades, competências e habilidades, compartilhadas e assumidas dentro das empresas por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI, objetivando controlar efetivamente os processos, garantir a segurança das informações, otimizar a aplicação de recursos e dar suporte para a tomada de decisões, tudo isso de forma alinhada com a visão, missão e metas estratégicas das organizações. Essa definição deixa clara a importância da Governança de TI, mostrando que ela não é somente uma área de suporte aos processos de negócio, mas uma parte fundamental no contexto do planejamento estratégico das grandes empresas. As cinco principais áreas de foco da Governança de TI dentro das empresas Alinhamento Estratégico: a Governança de TI garante que tanto os processos de negócio como os de tecnologia da informação trabalhem conjuntamente. Entrega de Valor: benefício importante da Governança de TI, assegurando que o setor de tecnologia da informação seja o mais eficiente e eficaz possível. Gerenciamento de Riscos: a Governança de TI permite que a empresa visualize abrangentemente eventuais riscos para o negócio e dá meios de minimizá-los. Gerenciamento de Recursos: neste caso, o papel da Governança de TI é garantir que a gestão dos recursos humanos e tecnológicos da empresa seja o mais otimizada possível. Mensuração de Desempenho: utilizando-se de indicadores que vão muito além dos critérios financeiros, a Governança de TI assegura uma medição e avaliação precisa dos resultados do negócio.

VEJA MAIS!
Todos os diretios reservados, © 2018.
Desenvolvido por DWMOBY.